segunda-feira, 25 de maio de 2009

FAMÍLIA SANTA CLARA


Tenho alguns amigos na área de Vargem Grande(RJ), bem próximo de onde funciona a atual sede da Família Santa Clara. Nos encontramos e visitamos a casa. Fomos recebidos por Diogo Rosa, filho do casal Cícero e Eliete - fundadores do projeto. Nos contou um pouco sobre a história da Instituição e nos mostrou a casa. Algumas crianças brincavam no Jardim, enquanto outras ajudavam na arrumação. Era preciso deixar tudo organizado antes do futebol de domingo.


Flávia: Conte um pouco da História de vocês.

Diogo: A Fundação Santa Clara foi criada em 1927 por duas irmãs. Uma delas estava tuberculosa e fez uma promessa. A cura veio e a Fundação passou a acolher vítimas da doença. Mais tarde passou a receber crianças esquecidas pela família e pela Sociedade. Foi em 1987 que meus pais apresentaram a idéia de fundar esse projeto. Primeiro ele funcionou na Cidade de Paraíba do Sul e depois veio pra Vargem Grande. Passamos por diversos momentos. Há períodos em que temos apoio e outros não. Mas temos muitos amigos.

(Em outubro de 2003 a ONG IBISS - Instituto Brasileiro de Inovações em Saúde Social – compra um casarão e nos cede por 20 anos, em comodato)

Flávia: Como é a vida aqui?

Diogo:Nós vivemos como uma família. Moramos aqui. Meus pais, eu, meus dois irmãos “de sangue” e mais 60 irmãos. A vida dos meus pais é dedicada totalmente a Família Santa Clara. Temos a rotina de uma casa. Refeições, tarefas, brincadeiras, atividades, esportes(atualmente há aula de capoeira, jiu jitsu e futebol), música. As crianças vão para escola e alguns já estão na faculdade. Não há limite de idade pra ficar aqui. É conforme a necessidade deles.

Flávia : As crianças são órfãs?

Diogo: Não. Muitas crianças têm família, mas vivem aqui pois a estrutura familiar não oferece um ambiente saudável para que desenvolvam sua cidadania e vida independente. Há crianças especiais também.

Flávia: Como é o trabalho voluntário aqui?

Diogo: As pessoas podem apresentar os projetos e as atividades que querem desenvolver. Por exemplo: eles só têm aula de flauta uma vez por semana, mas teve épocas da gente conseguir montar um espetáculo com música, dança e teatro.




Há outras formas de ajudar! Conheça você mesmo essa família!

http://www.familiasantaclara.org.br/